segunda-feira, 31 de julho de 2017

Futuro



Será que para dar certo, tudo tem que se encaixar direitinho?
Gostar das mesmas músicas, ler os mesmos livros, curtir os mesmos programas de fins de semana?
Será que é normal ter tantas dúvidas?
O futuro nunca me assustou tanto quanto agora.
Síndrome de Peter Pan, medo de sair do ninho? 
Medo de perder a liberdade, de não conseguir conciliar as obrigações e as amizades, medo de crescer... Medo.
A cabeça é uma bagunça e eu nem sei por onde começar a organizar. Sei que tenho que seguir em frente que para trás não dá mais. 
Mas e se?
E se der tudo errado? 
E se não for isso mesmo?
E se eu me tornar aquilo que tanto condenei?
E se eu fizer com as pessoas que eu amo a mesma coisa que um dia fizeram comigo?
Não quero, não posso, não devo.
Mas como saber se já não está sendo tudo assim?
Planejei um milhão de caminhos na minha cabeça louca e todos passavam a milhas deste que estou seguindo agora. De todas as portas, a chave que menos me atraía era essa. Ironicamente, esta era a única porta dentre todas que não precisava de uma chave. E simplesmente se abriu.
E agora a encaro...
Incerteza, indecisão, medo. Sempre ele.
Mas ao mesmo tempo, curiosidade, interesse, vontade de tentar.
Pé ante pé vou atravessando a porta.
E só assim, seguindo em frente é que vou saber no que vai dar.

“... Um menino caminha e caminhando chega num muro, e ali logo em frente a esperar pela gente o futuro está...”

(Aquarela – Toquinho)

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Era Só Amor...



Agora me diz, valeu a pena? Aquelas preciosas horinhas de sono a mais pelas quais você tanto prezou, valeram a pena? O que você tava fazendo trancado no quarto enquanto uma vida passava diante dos seus olhos? E uma vida passou...
E você, o que tava fazendo? Cuidando da sua vidinha perfeita, onde tudo é lindo, tudo é maravilhoso e a dor dos outros não existe, não te toca. Desde que não bagunce a sua casinha de bonecas, tá tudo perfeito. E agora eu te pergunto: valeu a pena?
Como pôde não ter escutado o grito ensurdecedor do silêncio, que cortou quilômetros de distância e se fez ouvir ao longe? Como pôde ler e reler versos e versículos e não estender a mão a quem mais precisava da sua ajuda? De um incentivo? De amor.
Amor é tudo que resolve. Amor e aquilo que cura. O amor poderia ter indicado outro caminho. Com amor, as coisas poderiam ter sido diferentes.
Mas o amor passou longe nessa hora. 
Existiam coisas mais importantes a serem feitas. 
Depois eu vou.
Depois eu falo.
Agora não dá.
Era tudo fingimento.
Eu espero que exista algum tipo de amor que seja capaz de penetrar essa pedra dentro do teu peito.
Que seu travesseiro consiga suportar o peso da sua consciência.
Espero que tenha valido a pena. Sua casinha de bonecas agora ficará impecável.
Você agora vai poder dormir, sem nenhuma inconveniência para te atrapalhar.
Viva em paz nesse seu mundo perfeito.
Eu, por minha vez, prefiro continuar por aqui.

Ainda que eu falasse a língua dos homens 
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

É só o amor, é só o amor;
Que conhece o que é verdade;
O amor é bom, não quer o mal;
Não sente inveja ou se envaidece.

O amor é o fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

Ainda que eu falasse a língua dos homens 
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É um não contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É um estar-se preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É um ter com quem nos mata a lealdade;
Tão contrario a si é o mesmo amor.

Estou acordado e todos dormem todos dormem, todos dormem;
Agora vejo em parte, mas então veremos face a face.

É só o amor, é só o amor;
Que conhece o que é verdade.

Ainda que eu falasse a língua dos homens
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria
(Monte Castelo - Legião Urbana)


sexta-feira, 6 de maio de 2016

Eu Não Preciso




Eu não preciso que você mate um dragão e me salve do alto de uma torre para poder me conquistar. Não sou uma donzela em perigo e você está longe de ser um Príncipe Encantado. Embora eu viva sonhando com um, eu não preciso que você seja ele.
Eu não preciso que você espalhe outdoors pela cidade, para gritar aos quatro ventos o nosso amor. Não preciso provar nada para ninguém. Ninguém paga minhas contas e nem tem nada a ver com a minha vida.
Nunca te pedi para ser perfeito. Como posso pedir isso se nem eu mesma sou? Não quero um cara sem defeitos... Não foi isso que vi quando olhei para você.
Faz tempo que deixei de acreditar que os relacionamentos perfeitos existem. Deixei de querer um final de Contos de Fadas da Disney, até porque não quero um final, quero o começo de uma história sem fim! E os contos não passam disso: contos. Histórias para alegrar a infância (que por sinal, já passou faz um tempinho) e para encher o coração de esperanças bobas que eu não tenho mais.
Tudo o que eu quero é ser feliz. É seguir em frente. É ter alguém, não que se encaixe em toda perfeição dos meus sonhos, mas que se torne minha realidade perfeita. É ter alguém que segure a minha mão, que caminhe do meu lado, que esteja comigo ainda que distante, que queira estar comigo nos dias de sol, que divida o guarda chuva nos dias tempestuosos, que me dê um abraço quente no frio, que sinta minha falta, que me dê bom dia, boa tarde, boa noite ou simplesmente um oi quando não tiver mais nada para falar.
Eu não preciso do mais belo, do mais forte, do perfeito, do escolhido.
Eu só preciso de você. Se você quiser ser tudo o que eu preciso.
E então seremos nós. E não precisaremos de mais nada.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

O Mito da Mulher de Verdade




Ei, cara! É você mesmo que parou ai na frente e começou a ler esse texto. Presta atenção no que eu vou te dizer: “Ela existe, cara!” E aí você me pergunta: “Ela quem?” e eu te digo:

A MULHER DE VERDADE!

Não, nem começa a imaginar peito e bunda que não é disso que a gente ta falando. E também não é a Amélia porque o tempo dela já foi faz tempo.  Estamos falando de muito mais que isso. A mulher de verdade existe, mas você não vai encontrá-la facilmente por aí. Ela é sutil demais para que você a perceba. Pode ser que você seja um cara de sorte e de algum modo ELA perceba você. E aí, meu filho, segura, porque se ela te quiser, você vai ser o cara mais feliz do mundo.

Mas não vou ficar aqui abstraindo e falando em códigos. Vamos às dicas que podem te ajudar a enxergar essa mulher quando ela aparecer.

1ª. Ela é linda. Muito linda. Mas muitas vezes ela não sabe disso. Sua beleza discreta por fora é realçada pela beleza inigualável de dentro; e só um cara muito, mas muito esperto consegue enxergar. Por isso não procure o destaque no meio da multidão. Possivelmente não é ela.

2ª. Ela não fica dando mole por aí. Não procure nos meios onde você está acostumado, entre aquelas que postam mil selfies, decotes e maquiagens. Ela não se ama tanto assim a ponto de se colocar em um pedestal. Ela não está em busca de curtidas, apesar de merecer todos os “likes”. Ela não costuma se autopromover.

3ª.  Ela é pura sedução, mas não imagina o tamanho do poder que tem. Quer ver um teste fácil? Vá no meio de um grupinho e faça um elogio. Veja quem ficou sem jeito, provavelmente com as bochechas rosadas e querendo urgentemente um lugar para se esconder. É ela! Tem coisa mais sedutora do que aquela carinha tímida?

Cara, eu não sei se você já encontrou essa mulher. Ela é aquela que fica longe do celular para não te mandar uma mensagem a cada 5 min. E quando eu digo longe, é longe mesmo (tipo, ela na sala e o celular no quarto). Ela é aquela que passa o tempo todo pensando em você e inventando mil maneiras de te ver feliz. Aquela que fica com raiva, chora, briga e fala que vai fazer e acontecer, mas que se derrete com o seu “oi” no whatsapp. Aquela que vai dormir pensando em você, acorda pensando em você, almoça pensando em você e simplesmente não consegue ficar longe de você mesmo quando você tá chato, rude ou de mau humor.  Ela é aquela que tenta te agradar de todas as formas, que quer acrescentar na sua vida, que quer te ver feliz, que te deixa recadinhos bobos na porta do armário, no Face, no Whats. Resumindo, ela esquece dela pra te fazer feliz.  

Então, cara, presta atenção se essa mulher aparecer na sua vida. Abre os olhos e vê o tamanho do tesouro que você tem na mão. Se ela já chegou até você, se você teve a sorte de ser notado por ela, cara, se ela te quer, segura na mão dela e não solta mais. Porque tem um monte de Mané por aí pronto para destroçar o coração dela. Mas pros manés já tá cheio de piriguete. E eu acho que você não vai querer nenhum Mané te roubando ela. Por isso, presta atenção no que o destino colocou no teu caminho. Ela ama intensamente, mas mesmo ela tem seu limite. Ela te oferece todo o amor do mundo, mas pode guardar ele de volta rapidinho, se perceber que você não quer.

Então segura a mão que ela te estende, toma conta do amor que ela te oferece, se joga de corpo e alma e corra o enorme risco de ser o homem mais feliz do mundo.

A mulher de verdade existe. E é sua!


quarta-feira, 23 de março de 2016

TAG: Verdade, Nada Mais Que a Verdade



Graças à Malu, estou aqui, retomando os trabalhos e matando a saudade da minha Penseira que andou bem abandonada esses últimos tempos. Então, vamos a TAG!

1. Onde está seu celular? Aqui, bem do ladinho do notebook.
2. Seu parceiro? Preenchendo cada espacinho do meu coração.
3. Seu cabelo? Tá lindo, por incrível que pareça!
4. Sua mãe? A pessoa que eu mais quero ver feliz no mundo.
5. Seu pai? Sou o reflexo dele.
6. Seu objeto preferido? Acho que hoje é meu celular, praticamente carrego a vida dentro dele!
7. Seu sonho da noite passada? Sonhei com o Parque da Mônica! hahah
8. Sua bebida predileta? Água
9. O carro dos seus sonhos? Um cruze
10. O quarto onde você está nesse momento? Não tô no quarto, tô na sala :P
11. Seu ex? Quem?
12. Seu medo? Nadar, nadar e morrer na praia.
13. O que você deseja ser em 10 anos? Mais sábia do que hoje.
14. Com quem você passou a noite passada? Com minha almofada do Harry Potter.
15. O que você não é? Hipócrita.
16. O você fez por ultimo? Falei com meu amor no telefone.
17. O que você está usando? Pijama.
18. Livro predileto? Orgulho e Preconceito, de Jane Austen e A Marca de Uma Lagrima, de Pedro Bandeira.
19. A ultima coisa que você comeu? Pão Francês com peito de peru e requeijão.
20. Sua vida? Tá seguindo seu curso.
21. Seu humor? Anda muito variável, pendendo demais pro lado irritadiço, e eu não gosto nada disso.
22. Seus amigos? Meus maiores tesouros. Dá pra contar nos dedos e valem mais que todo o dinheiro do mundo.
23. Em que você está pensando nesse momento? Em Batman X Superman! hahaha
24. O que você esta fazendo nesse momento? Vendo TV 
25. O que está passando na sua TV? Master Chef
26. Escola? Foi meu lugar preferido durante toda a minha vida estudantil #nerd
27. O que você esta escutando nesse momento? As vozes da televisão. Mas em termos de música Ed Sheeran anda dominando meus momentos.
28. Atividade predileta dos finais de semana? Dormir! hahaha
29. Profissão dos seus sonhos? Escritora e dona de livraria
30. Do lado de fora da sua janela? Daqui de onde estou só dá pra ver o muro! haha
31. Religião? Amor em todas as suas formas.
32. Amor? Sentimento sublime que anda meio esquecido ultimamente.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Sobre Despedidas



Vamos chorar. Pode ter certeza disso. A despedida mal começou e já estamos aqui, sentindo as pequenas gotas salgadas formando-se no canto dos olhos, querendo escorrer por nossos rostos, indicando a falta que você vai nos fazer sentir.
Não importa o motivo que te afasta de nós. A gente sabe que a vida é assim. Mas nos deem licença os realistas, de podermos chorar. 

Chorar por sentir falta das brincadeiras, dos olhares que falam mais do que mil palavras, da alegria, da compreensão. Do conforto de um abraço mudo, da segurança de saber que aquela pessoa está ali. Sabe?
Dá licença pra gente chorar. Deixa a lágrima fluir. Não temos que lhes dar explicações. Somos sentimentais, e daí? Vamos chorar sim, e se reclamar, vamos chorar abraçadas para molhar mais.

Para cada canto que a gente olhar vai ter uma lembrança e cada lembrança vai desencadear uma torrente de emoções que a gente vai pensar não ser capaz de aguentar. Vai ser esquisito sem você aqui. Vai ser estranho não te ver mais todos os dias, sabendo que você está ao mesmo tempo tão perto e tão longe.
Tudo vai mudar. Vai ficar diferente. Vai ser para melhor? Não sei...

Melhor mesmo seria se a gente pudesse escolher e mandar os errados para fora do planeta para que a gente pudesse  viver em paz. Com você.
Mas vai, voa numa nuvem, leva esperança de dias melhores, planta um arco-íris e leva a gente pra escorregar nele junto com você. E em meio a esses sonhos delirantes, a vida vai seguindo seu caminho. Uns alegres, outros tristes... Sentimentos são inevitáveis.

Então, celebremos a inevitabilidade. 
Sai da frente, que a gente vai chorar.



quinta-feira, 2 de julho de 2015

Tag: Minha Vida Segundo a Ana Carolina


A Malu lá do Oxigeneando-me, me marcou nesta Tag, que eu achei demais e então resolvi colocar aqui. A Tag consiste em escolher um cantor ou banda e responder as perguntas com os títulos das músicas deste cantor ou banda que você escolheu. No meu caso, eu ia de Sandy e Júnior, mas um dia apareceu a Ana Carolina com uma trilha sonora para cada momento da minha vida, sempre na hora certa e não tem jeito: Quem define minha vida nesta tag é ela. 
Bora começar?

Você é homem ou mulher?  Dadivosa
"...Que bom se eu fosse uma diva, daquelas bem dadivosas, que sai vida, entra vida, ficasse ali verso e prosa..."
Descreva-se: Implicante
"... De que vale o seu cabelo liso e as ideias enroladas dentro da tua cabeça? Hoje eu ou mudar teu destino, te passar num pente fino. Então desfaça sua trança. Eu que sou tão inconstante..."
Como você se sente? Trancado
"...Eu pulo as janelas, será que eu tô trancado aqui dentro?Será que você tá trancado lá fora? Será que  eu ainda te desoriento? Será que as perguntas são certas? Então eu me tranco em você e deixo as portas abertas..."
Descreva o local onde você vive atualmente: Bang Bang
"...Lembro muito bem que antigamente eu ligava. hoje não ligo mais. Se eles falam de mim, que eu sou diferente, eu falo deles porque são iguais..."
Se você pudesse ir a qualquer lugar, onde você iria? Essa Noite Eu Quero Ir Mais Além
"Eu não devo nada para ninguém..."
Sua forma de transporte preferido: Pra Rua Me Levar
"... vou deixar a rua me levar, ver a cidade se acender. A lua vai banhar esse lugar e eu vou lembrar você..."
Seu melhor amigo: O Melhor de Mim
"...O meu coração está feliz por causa de você, minha vida mudou de vez depois que você chegou, sou outra pessoa, uma pessoa bem melhor..."
Você e seu melhor amigo são: Todo Sentimento
"... O amor não... Ele nos dá consciência de termos vivido anos a fio, com alguém que há pouco era quase um estranho..."
Qual é o clima? Amanhecer em Julho
Vivendo de coisas esquecidas e lembradas, não pude ver meu futuro nos teus olhos escuros. Então fiquei com você pra sempre abraçada, até acabar a madrugada e amanhecer em julho..."
Hora do dia favorita: Noites Com Sol
"...Deixa o sol entrar, podes abrir as janelas. Noites com sol são mais belas, certas canções são eternas..."
Se sua vida fosse um programa de TV, como seria chamado? É Hora Da Virada
"... Tô mudando o meu destino, joguei fora o que não presta, agora eu quero mesmo e vou enlouquecer. É hora da virada, partir pro tudo ou nada e eu não tô com nenhum tempo pra perder..."
O que é a vida para você? O Que é, o que é?
"É a vida, e é bonita e é bonita... Viver e não ter a vergonha de ser feliz..." (Achei uma versão na oz dela <3 font="">
Você sorri quando: Eu Canto Errado
Quando eu tô contente, toco meu pandeiro, mas não é por causa dele que eu rio o dia inteiro. Eu só toco pra pôr no lugar, a alegria que teima em ficar do lado errado da minha canção..."
Você chora quando: É Mágoa
"... O que eu choro pe água com sal. Se der um vento é maremoto. Se eu for embora não sou mais eu. Água de torneira não volta e eu vou embora. Adeus..."
Seu relacionamento: Quem de Nós Dois
"... E cada vez que eu fujo eu me aproximo mais..."
Seu medo: Dentro
"... Escolhi o pior lugar para me esconder, me tranquei por dentro de você e não sei mais sair..."
O melhor conselho que você tem para dar: Vai
"...Pois então vai...A porta esteve aberta o tempo todo, sai; quem tá lhe segurando?
 Você sabe voar..."
Pensamento do dia: Que Se Danem os Nós
Vem, nunca é tarde ou distante, pra eu te contar meus segredos; a vida solta num instante, tenho coragem, tenho medo, sim! Que se danem os nós..."
Seu lema:   Tolerância
".Não me importa a tua crença, eu quero a diferença que me faz te olhar de frente. Para falar de tolerância e acabar com essa distância ..."

Essa é a trilha sonora da minha vida, cantada por Ana Carolina. E você? Quem canta a trilha sonora da sua vida? 

terça-feira, 23 de junho de 2015

Fresta




Hoje você veio e tomou conta. Simples assim. Chegou e tomou posse, como se tudo aquilo que desprezou uma vez, ainda fosse seu.
Pegou meu coração com uma de suas mãos frias e ficou espremendo, até que ele ficasse bem comprimido, apertado, causando esse incômodo no peito, que me fez ficar sem ar.
Pegou a minha mente e bagunçou as gavetas, trazendo à tona todas aquelas lembranças que eu tinha escondido no fundo do armário para nunca mais lembrar.
Me fez ver na TV cenas parecidas com as nossas, só para dar saudade daquela criatura doce e gentil que um dia você foi.
Pegou os meus olhos e jogou areia neles, para que eles colocassem para fora as lágrimas que eu tinha engolido. Claro que isso envolve o que você fez com meu estômago: reviveu as borboletas que sobrevoavam as cinzas da esperança que você atirou no fogo e as fez subirem pela garganta até me dar enjoo.
E foi fazendo isso com cada pedaço de mim que estava a seu alcance. 
Como se fosse fácil assim. Como se fosse simples. Chegar aqui e tomar posse do território outra vez.
Pegar de volta o abrigo do meu abraço, a proteção do meu coração.
Como se aqui fosse terra de ninguém e você pudesse voltar de repente e fincar sua bandeira.
Não é bem assim que a banda toca...
Troquei o disco. 
Virei a página.
Te joguei no fundo de uma gaveta porque é lá que você tem que ficar.
Vou consertar a fresta na porta por onde o vento entrou hoje.
Vou trocar as fechaduras.
Ainda que o teu vento insista em entrar pelas frestas: 
Aqui não tem mais espaço para você.



Dói no coração as vezes que eu lembrar te amo e não quero te amar...
(Sandra de Sá - Retratos e Canções)





domingo, 3 de maio de 2015

TAG: 7 Coisas




Faz um tempão que a Vanessa lá do Blog Pensamentos Valem Mais Que Ouro, me indicou para essa Tag, mas só agora consegui parar para ler e responder as tais sete coisas que são perguntadas com o objetivo de fazer a gente se conhecer.
Então lá vai:

7 Coisas Para Fazer Antes de Morrer:

  • Passar um tempo Londres
  • Ir ao Parque do Harry Potter com minha irmã e meus amigos
  • Comprar uma casa
  • Ser dona de uma livraria (ou pelo menos trabalhar em uma)
  • Poder cuidar de todos os cachorros abandonados
  • Conhecer a Itália, a Escócia e outros países da Europa
  • Andar mais de bicicleta

7 Coisas que Mais Falo:

  • Aff
  • Nossa
  • Meu!
  • Cara
  • Pelamor
  • Eita
  • p.. que p..

7 Coisas que Faço Bem:

  • Escrevo
  • Leio
  • Bordo
  • Penso (hahaha)
  • Canto
  • Deliro (hahaha)
  • Minhas unhas

7 Coisas que Me Encantam:

  • Bibliotecas (qualquer lugar cheio de livros)
  • Casais de velhinhos de mãos dadas
  • Borboletas
  • A Preta (minha cachorra)
  • A risada do meu sobrinho
  • Gestos simples de surpresa
  • Mr. Darcy

7 Coisas Que Eu Não Gosto:

  • Cigarro
  • Bebida
  • Bêbados
  • Crianças que querem ser adultas antes da hora
  • Funk
  • Gente burra (e não estou falando de quem não pôde estudar)
  • Falsidade

E no final a gente deveria indicar 7 blog para responderem a Tag, mas eu deixo aqui livre para quem quiser participar.
E é isso galera! gostaram?
Eu gostei bastante! Espero que se divirtam!
Beijos!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Noites Roubadas



E lá vem você de novo...
Sabe ao menos que dia é hoje? Não tá vendo que horas são?
Será que nem hoje, você pode, por gentileza, me deixar dormir em paz?
Ou é exatamente por ser hoje que resolveu atormentar mais intensamente?
Já faz o que, uns três anos? Já não é tempo demais para você ainda estar por aqui, roubando as minhas madrugadas e me deixando de presente estas olheiras enormes?
Como foi que eu te dei tanto poder?
Quando foi que te alimentei com tamanha força, que mesmo depois de tanto tempo você ainda é capaz de fazer isso?
Nem sei porque perco meu tempo...
São mais questões sem resposta para acrescentar àquela lista imensa das que você deixou sem responder...
Eu ainda vou recuperar tudo o que você levou. Vai levar tempo, eu sei. Ainda vão ser muitas noites de sono roubadas, mas um dia, alguém vai chegar com a pá e o cimento e vai tapar esse buraco que você deixou. Ainda vou ter muitas outras noites como essa, muitos outros textos onde falarei ao vento,ou ao menos onde tocarei o coração de alguém, que como eu, foi atropelado por um furacão que levou o teto, as paredes e o chão. 
Mas o furacão passa e as coisas são colocadas no lugar.
E assim como o furacão acaba, isso vai acabar.
Meu sorriso, aquele que você levou, eu quero de volta, e eu vou ter.
A chave você pode ficar, pois já troquei as fechaduras. Assim que eu fizer a faxina completa, você não entra mais aqui.
E um dia eu vou escrever, sem um buraco na alma. 
Um dia você vai parar de roubar os meus dias - inclusive o meu aniversário.
Um dia você vai saber, que nada mais do que eu escrevo se refere a você.
Vai passar. E eu continuarei perdendo minhas noites de sono por muitos motivos.
Mas VOCÊ não vai mais ser um deles.